Sobre os noivos

Como é bom recordar! Conheça os detalhes da nossa caminhada até esse grande sonho do nosso casamento.

       Parece que foi ontem a primeira vez que nos vimos, na presidência da Embratur. Quando olhei para Luísa, pensei na mesma hora, com ela eu caso. Depois de algum tempo, uma amiga em comum nos apresentou oficialmente e começamos a nos conhecer. Um dia fomos almoçar juntos e revelei meus sentimentos a ela, que pediu um tempo para pensar e me dar uma resposta. No dia 10 de julho de 2010, finalmente ouvi o "sim" e desde então minha vida nunca mais fez sentido sem ela. Passamos por muitas provas e momentos difíceis durante esses 7 anos de relacionamento, mas o melhor presente que Deus nos deu foi nossa filha Sofia, que nasceu em 2011, a concretização do nosso amor. Nos casamos no Civil em 2011 e desde então sentimos falta de nos apresentarmos diante do Deus Altíssimo para ter sua bênção oficialmente, porém não tinhamos condições para organizar e realizar a cerimônia na Igreja. Agora depois de 6 anos de casados, no dia 7 de outubro de 2017, vamos nos apresentar diante de Deus para que essa união continue sendo maravilhosa e abençoada. Luísa te amo ontem, hoje e sempre! s2 (Jõao)

 

Nos conhecemos na Embratur. Eu, secretária na Presidência, o John estagiário na Diretoria de Produtos e Destinos. Deus, uma amiga em comum e um documento a ser entregue mudaram as nossas vidas. Uma troca de olhar de segundos que durou tempo suficiente pra me fazer lembrar dele todos os dias. Assisti-lo tocar guitarra, uma canção ao luar na ponte JK, um longo abraço, uma massa, mãos transpirando e um pedido. Uma fita vermelha no punho, um sim e um beijo. Enfim namorados.

Fomos agraciados com Sofia, jóia preciosa que o Senhor nos confiou, e a com a descoberta de que conto de fadas é coisa de filmes e livros, mas que vale a pena lutar para, com a graça de Deus, escrever uma história que como as estações do ano, sofre mudanças, mas a cada estação, uma lição. Juntos, já vivemos o verão, onde o sol aquece; o outono, onde não há tanta cor nem calor e as folhas caem deixando as árvores despidas; o inverno, onde sabemos que há vida, mas quase não floresce, os dias são nublados e frios. Agora posso dizer que vivemos a primavera, onde tudo o que plantamos está finalmente florescendo. E é isso que desejo pra nós, que vivamos todas as estações, carregando conosco suas lições e lembrando que depois do inverno vem a primavera. E que venha o nosso tão sonhado dia 07/10/17!!! Te amo Mozi! (Luísa)